terça-feira, dezembro 27, 2005

Margaridas

Hoje ofereceram-me flores. E eu fiquei com aquele sorriso estúpido que ainda não me saiu da cara desde que abri a porta e me deparei com o ramo de margaridas brancas. Fiquei assim, a sentir-me feliz como uma miúda e com vontade de contar a toda a gente. Pronto, já está...

12 Comments:

Blogger maria said...

Ai o amor, seja ou não australiano?!

1:01 da manhã  
Blogger JVC said...

mas que bela forma de começar o dia! eu também contava a toda a gente.

10:05 da manhã  
Blogger Soinico said...

É lindo, não é? A primeira vez que um homem me toca a campainha com um ramo enorme de rosas vermelhas e a dizer o meu nome, o meu sorriso era tão tolo quanto feliz... Adoro receber flores... :)

1:42 da tarde  
Blogger aNa said...

e há coisa mais bonita que ficarmos com esse ar de tolas, por um presente tão simples quanto significativo?

2:40 da tarde  
Blogger polegar said...

sortudaaaaaaa

3:04 da tarde  
Blogger Magnolia said...

Eu até ficava com ar de parva mesmo que fosse um bocadinho de musgo... o gesto é tudo.

3:27 da tarde  
Blogger sónia said...

Bem, não sou grande adepta de flores e a única vez que me enviaram um "ramalhão" de rosas vermelhas fiquei com ar de totó, sim, mas porque vinham da última pessoa que eu estava à espera...e não foi uma experiência agradável..não foi, não! ehehehhe!

5:40 da tarde  
Blogger Margarida Atheling said...

O amor, o amor...!!!
Quem é que não fica com um sorriso estúpido, hein?! ;)

Beijinhos!

10:54 da manhã  
Blogger MCM said...

Ena! Ena! Ena! Claro que é de contar a toda a gente!...

9:50 da tarde  
Blogger polegar said...

"don't you think that daisies are the friendliest flowers?"

11:04 da manhã  
Blogger t&v said...

onde é que eu já ouvi issro, querida polegar??!! :)

11:20 da manhã  
Blogger Cleopatra said...

É o mesmo do sms??

6:32 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home